Boas Práticas de Laboratório (BPL) constituem um conjunto de princípios que asseguram a confiabilidade dos laudos emitidos por um dado laboratório e é aplicado em estudos que dizem respeito ao uso seguro de produtos relacionados à saúde humana, vegetal, animal e ao meio ambiente. Laboratórios reconhecidos pela adesão aos princípios das BPL apresentam:

  • Maior confiabilidade, rastreabilidade e consistência

  • Gerência participativa

  • Garantia da qualidade

  • Gerência de processos

  • Disseminação de informações

  • ão aceitação de erros

Laboratórios reconhecidos pela adesão aos princípios BPL além de possuir vários benefícios oriundos de um sistema de qualidade estruturado, ainda são bem vistos pelas agências reguladoras.

O sistema Flux-BPL é composto por formulários eletrônicos de gerenciamento de dados condizentes com os princípios BPL que são extensivos a diversos laboratórios.

Os formulários de gerenciamento que compõem o Flux-BPL são:

  • Equipamentos: Permite registrar informações detalhadas de cada equipamento, além de proporcionar o gerenciamento de manutenções, limpezas, calibrações, e utilizações dentre outros.

  • Equipes e Responsabilidades: Permite registrar informações sobre a equipe envolvida no trabalho. Além dos dados pessoais de cada indivíduo, também podem ser registradas informações como formação acadêmica, currículo, funções e responsabilidades, aptidões, e qualificação dentre outros.

  • Procedimentos Operacionais Padrão (POP): Permite o gerenciamento de POPs, possibilitando a entrada de novos documentos e sua aprovação. As pessoas autorizadas poderão gerenciar cadastros e revisões destes documentos, que ficam salvos em um histórico de fácil visualização.

  • Substância Teste e de Referência: Permite o gerenciamento de substâncias testes e de referência. São mantidos registros incluindo a caracterização da substância, data de recebimento, armazenamento e utilização dentre outros.

  • Plano de Estudo: Permite o armazenamento de informações que devem ser inseridas antes, durante e após um estudo. Podem ser armazenadas informações relativas a datas, patrocinador, métodos, locais de experimentos, resultados, alterações (desvios e ementas), e avaliação final dentre outros.

  • Sistema Teste: Permite o gerenciamento de informações sobre o sistema utilizado para os testes seja animal, planta ou outro sistema celular, subcelular, químico ou físico ou a combinação destes, que são definidos como objeto de estudo. São mantidos registros de procedência, condições, e data de chegada ao laboratório dentre outros.